Como ajudar o bebé com a dentição?

7 dicas para aliviar a dor do nascimento dos dentinhos

Como ajudar o bebé com a dentição?

É normal que o bebê sinta incômodo, fique irritado e mal-humorado quando os dentinhos começam a nascer, o que normalmente acontece a partir do sexto mês de vida. 

Para aliviar as dores do nascimento dos dentes do bebê, os pais podem realizar massagens ou dar brinquedos gelados para o bebê. Algumas opções caseiras para aliviar as dores do nascimento dos dentinhos são:

1. Picolé de leite materno

O picolé de leite materno é uma boa forma de aliviar a dor do nascimento dos dentes do bebê porque além de ser nutritivo, é frio, o que promove o alívio da dor. Para fazer o picolé deve-se:

  • Lavar bem as mãos com água e sabão e limpar as aréolas;
  • Desprezar os primeiros jatos de leite;
  • Retirar o leite e colocá-lo em um recipiente esterilizado;
  • Tampar o recipiente e colocá-lo numa bacia com água fria e pedrinhas de gelo por cerca de 2 minutos;
  • Colocar o recipiente no freezer, por até, no máximo, 15 dias.

Esta técnica não deve substituir a amamentação e só deve ser utilizada até 2 vezes por dia.

2. Palitinhos de cenoura

Palitinhos de cenoura descascados e frios, caso já se tenha incluído os alimentos na rotina do bebê, também é uma boa opção, pois a cenoura fria é uma boa opção para o alivio da coceira e desconforto do processo de nascimento dos dentes.

Para fazer os palitinhos de cenoura deve-se:

  • Descascar e cortar as cenouras em formato de palitos médios;
  • Deixar na geladeira por cerca de 2 horas;
  • Fornecer ao bebê de duas á três vezes ao dia.

Recomenda-se que os palitinhos não fiquem congelados, pois a rigidez da cenoura congelada pode machucar a gengiva do bebê. 

3. Objetos para morder

Dar ao bebê objetos para ele morder pode ser uma boa forma de aliviar a dor e o manter entretido enquanto brinca. Esses objetos devem ser lisos e estar bem limpos e de preferência serem adaptados para este fim, como é o caso dos mordedores, que podem ser comprados em farmácias ou lojas para bebês.

Um bom truque para melhorar o efeito dos mordedores é colocar estes objetos na geladeira antes de dar para o bebê.

4. Massagem na gengiva

Uma outra técnica que ajuda a aliviar as dores do nascimento dos dentinhos é massagear suavemente a gengiva do bebê com a ponta do dedo, que deve estar bem limpo. Essa massagem além de aliviar a dor, pode entreter o bebê, tornando o processo até mais divertido.

5. Massagem shantala

Esta massagem consiste em uma serie de técnicas que são usadas para o relaxamento do bebê. Este contato pele a pele por mãe/pai e bebê durante a massagem fortalece o laço afetivo e reduz o estresse, além de diminuir a tensão e consequentemente a dor pelo nascimento dos dentes. Esta massagem pode ainda ajudar o bebê a dormir melhor. Confira como fazer a massagem shantala.

6. Massagem de reflexologia

A massagem de reflexologia é uma técnica para aliviar a dor dos primeiros dentes no bebê que, normalmente, começam a aparecer por volta dos 6 a 8 meses de idade. A massagem pode ser feita após o banho, que é quando o bebê está quente, confortável, limpo e mais relaxado. A massagem, além de ter efeitos calmantes e relaxantes, ajuda a diminuir a irritação do bebê por causa dos dentes.

A massagem de reflexologia para aliviar a dor do nascimento dos primeiros dentes do bebê envolve 3 passos, que devem ser realizados nos dois pés, um de cada vez:

  1. Pressionar levemente com o polegar de forma circular a parte de trás dos 4 dedinhos do pé, um a um, deslizando até à base do dedo;
  2. Pressionar com o polegar dobrado, desde a unha até à base do dedo, como se fosse uma minhoca deslizando. Repetir cerca de 2 a 3 vezes;
  3. Pressionar suavemente a zona entre cada dedo do pé do bebê. Este último passo da massagem vai ajudar a fortalecer o sistema imune e liberar toxinas ajudando a prevenir as febres e infecções oportunistas.

Saiba também como fazer uma massagem de reflexologia para melhorar o sono do bebê.

7. Compressa de Calêndula

A calêndula é uma flor com propriedades calmantes e anti-inflamatórias, essas propriedade ajudam no alivio da dor e desconforto. Além disso o chá de calêndula pode ajudar o bebê a pegar no sono, já que neste período o sono tende a ficar desregulado por causa da irritação excessiva. 

Como fazer a compressa de calêndula:

  • 2 g de flores de calêndula;
  • 150 ml de água fervente;
  • Tapar e deixar repousar por cerca de 15 minutos;
  • Mergulhar compressas na mistura e aplicar sobre a gengiva 3 a 4 vezes por dia durante 10 minutos.

Sabia outras propriedades medicinais da calêndula.

Ficou alguma dúvida? Clique aqui para ser respondido.

Источник: https://www.tuasaude.com/como-aliviar-a-dor-do-nascimento-dos-dentes-do-bebe/

Como Aliviar a Dor

Como ajudar o bebé com a dentição?

A atitude de pais e cuidadores deverá ser de serenidade confortando o bebé ou criança de modo a que se sinta segura e confortável.

Deve-se evitar outras mudanças na rotina como mudar de cama /quarto, introdução de novos alimentos, etc. Até porque podem influenciar mudanças de comportamento ou sintomas que poderão ser confundidos com sintomas de erupção dentária.

Profissionais de Saúde

Os profissionais de saúde devem tranquilizar os pais de forma a que encarem a erupção dentária como uma fase passageira e natural inerente ao processo de crescimento e desenvolvimento.

No entanto é fundamental os pais saberem quando se devem dirigir ao médico para descartar a ocorrência de outras doenças que podem ser negligenciadas neste período quanto ao diagnóstico e tratamento.

A dor e desconforto descrito pelos pais/cuidadores não deve ser minimizada e deverá ser sempre levada em consideração.

O profissional deverá:

  • Instruir os pais e cuidadores quanto à prevenção de acidentes com ingestão de corpos estranhos;
  • informar sobre procedimentos de segurança dos vários métodos terapêuticos ou adjuvantes assim como desmitificar crenças não baseadas na evidência que poderão colocar em risco a segurança ou bem-estar da criança.

Se este período for bem compreendido e estudado pelo profissional haverá mais firmeza nos procedimentos prescritos, mais tranquilidade dos pais, menos sofrimento para a criança proporcionando um cuidado à sua saúde de forma adequada, esclarecedora e baseada em evidências cientificas.2

O principal objectivo é minimizar os sintomas e tornar esta fase o mais agradável possível.

Avaliação da intensidade do desconforto e dor causados pelo nascimento dos primeiros dentes

A dor é considerada pela OMS o 5º sinal vital e é definida por “uma experiência sensorial e emocional desagradável, associada a uma lesão tecidual real, potencial ou descrita nos termos dessa lesão”.11

A dor tem sido descrita como uma experiência individual subjectiva e multidimensional e nesse contexto, a dor dos indivíduos que não podem exprimi-la por meio de palavras torna-se um fenómeno à parte.11

Em crianças pequenas e bebés só se pode inferir através do comportamento que deverá ser avaliado cuidadosamente e bem interpretado pelos cuidadores.

Uma série de parâmetros físicos e comportamentais modifica-se no recém-nascido diante de um estímulo doloroso, desde a frequência cardíaca e respiratória, a saturação de oxigênio, a pressão arterial e concentrações hormonais, até o movimento corporal, a mímica facial e o choro, entre outros.11

O entendimento de tais sinais pelo adulto depende do seu conhecimento a respeito da dor nessa faixa etária, da sua sensibilidade e da sua atenção para a percepção desses sinais.

Bebé com dor e desconforto devido à erupção dentária

Tipo de choro de dor

Segundo o Dr. Berry Brazelton o choro de dor expressa-se como um grito agudo seguido por um breve descanso em que o bebé deixa de respirar (apneia), seguido de vários gritos angustiados e um outro grito lancinante. Um choro de dor continua mesmo depois de se pegar na criança.

O choro de desconforto é uma forma mais suave de choro de dor que pára quando se pega no bebé ou se dá algum tipo de atenção.

Escalas de dor

De forma a empenhar medidas para o alívio da dor, proporcionando conforto e bem-estar ao sujeito é necessário explorar indicativos de desconforto e utilizar instrumentos para quantificar algo tão subjectivo como a dor.

As escalas de dor são ferramentas que visam a mensuração e avaliação da dor. Para que se possa determinar a qualidade da terapêutica e analgesia. Em bebés e crianças em fase pré-verbal estas ferramentas adquirem uma importância e um desafio maior.

Escala comportamental de dor para recém-nascidos até 1 ano – NIPS

A Escala de Avaliação de Dor no Recém-Nascido é composta por cinco parâmetros comportamentais e um indicador fisiológico:

NIPSPontos1 ponto2 pontos
Expressão FacialRelaxadaContraída
ChoroAusente«Resmungos»Vigoroso
RespiraçãoRelaxadaDiferente do basal
BraçosRelaxadosFlexão ou Extensão
PernasRelaxadasFlexão ou Extensão
Estado de AlertaDormindo ou CalmoDesconfortável

Difine-se dor quando a pontuação é ≥ 4.

Escala de avaliação da dor NIPS11

BIIP (Behavioral Indicators of Infant Pain)

A escala Indicadores Comportamentais da Dor no Lactente é uma modificação recente do Sistema de Codificação Facial do Recém-Nascido (NFCS) que inclui o estado de alerta do recém-nascido e a movimentação das mãos, tornando a avaliação comportamental mais específica e inserida na interação entre paciente e ambiente.

BIIPPontosDefinição
Estado de sono/vigilância
Sono profundo0Olhos fechados, respiração regular, ausência de movimentos das extremidades
Sono ativo0Olhos fechados, contração muscular ou espasmos/abalos, movimento rápido dos olhos, respiração irregular
Sonolento0Olhos fechados ou abertos (porém com olhar vago, sem foco), respiração irregular e alguns movimentos corporais
Acordado/ativo1Olhos abertos e focados, movimentos corporais raros ou ausentes
Agitado/chorando2Agitado, inquieto, alerta, chorando
Face e mãos
Fronte saliente1Abalamento e presença de sulcos acima e entre as sobrancelhas
Olhos esprimidos1Compressão total ou parcial da fenda palpebral
Sulco nasolabial aprofundado1Aprofundamento do sulco que se inicia em volta das narinas e se dirige à boca
Estiramento horizontal da boca1Abertura horizontal da boca acompanhada de estiramento das comissuras labiais
Língua tensa1Língua esticada e com as bordas tensas
Mão espalmada1Abertura das mãos com os dedos estendidos e separados
Mão fechada1Dedos fletidos e fechados fortemente sobre a palma das mãos formando um punho cerrado/mão fechada

Considera-se dor quando a pontuação é > 5

Escala de avaliação da dor BIIP11

A dificuldade em qualquer das ferramentas que são reportadas por terceiros é diferenciar entre dor e agitação e/ou desconforto. No entanto as intervenções não farmacológicas poderão ajudar nessa diferenciação.8

Источник: https://www.jaba-recordati.pt/alobaby-primeiros-dentes/como-aliviar-a-dor-na-erupcao-dos-primeiros-dentes

Embarazo y niños
Deja una respuesta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: