Mudanças no sétimo mês de gravidez

Mudanças no sétimo mês de gravidez

Mudanças no sétimo mês de gravidez

Índice

  • Séptimo mês de gravidez
  • Como cuidar de si mesmo no sétimo mês de gravidez?

Séptimo mês de gravidez

Na semana 28 começa o terceiro trimestre da gravidez e, portanto, a contagem regressiva para o nascimento do seu bebé. Durante este sétimo mês ele vai chegar a 2 quilos, então o tamanho do seu intestino vai crescer muito para acomodar o bebé.

Entre a 28ª e a 32ª semana ainda podes encontrar energia, embora o normal seja que, com o passar das semanas, te sintas mais cansada e desconfortável, já que o tamanho de sua barriga o impede de andar normalmente, dormir confortavelmente e o deixa cansado assim que você sobe algumas escadas ou uma colina.

Ao dormir, lembra de dormir de lado e de preferência do lado esquerdo, pois dormir de costas pode causar síndrome de hipotensão supina, que surge quando o peso do útero esmaga a veia cava inferior, que transporta sangue das extremidades inferiores através do abdômen de volta para o coração, o que pode causar diminuição da pressão arterial e aumento da frequência cardíaca. A mulher sentirá tonturas, suores, palpitações… que serão passadas ao mudar de postura.

A partir deste mês, algumas mulheres experimentam a Síndrome das Pernas Inquietas (RLS), um distúrbio do sono que causa o aparecimento de sensações desagradáveis nas pernas, como formigamento, dor, aperto … que pode aparecer da coxa ao tornozelo, causando ainda mais problemas para dormir. Quando isso acontecer, massageie as pernas para ativar a circulação e reduzir o consumo de cafeína.

O aumento do útero pode fazer com que o seu estômago tenha cada vez menos espaço e as digestões se tornem pesadas, aumentando os problemas como a obstipação e a queimadura.

Tente comer refeições leves a cada 2 ou 3 horas e aumentar a ingestão de fibras se você tiver constipação. Além disso, a constipação pode causar outro problema: o aparecimento de hemorróidas, especialmente se você tinha-los antes.

Banhos sentada, compressas frias e certos cremes podem ajudar a reduzir a inflamação destes vasos sanguíneos na área anal.

Mudanças repentinas de humor também podem retornar aumentando o estresse e se preocupar com o início do trabalho de parto. Tenta manter a calma.

Tenta cuidar da sua postura e exercício regularmente para evitar dores nas costas, uma vez que a partir deste mês é mais comum que a dor lombar ou ciática aumente.

Finalmente, é normal que  percebas cada vez mais as contrações de Braxton Hicks, aquelas que preparam o útero para o parto. Desde que sejam irregulares, durem menos de 1 minuto, dêem lugar à mudança de postura e não se tornem cada vez mais irritantes e frequentes, não se preocupem.

Como cuidar de si mesmo no sétimo mês de gravidez?

Deves começar preparar as coisas para a chegada do bebé para que não tenhas que fazer isso nas últimas semanas com pressa. Faz uma lista de tudo o que precisa e comece a colocá-la no quarto dela ou no seu.

Também é importante frequentar cursos de preparação para o parto. Estes cursos irão ajudár resolver suas dúvidas e reduzir seus medos, bem como saber como respirar ou empurrar durante o trabalho de parto. Deves ir com o teu parceiro para que ele também aprenda o que é necessário para o parto, para que ele a possa ajudar a enfrentar o momento.

Se o teste de Coombs confirmar que houve problemas de compatibilidade entre o Rh e o feto, neste mês receberás uma injeção de imunoglobulina Rh para evitar que você desenvolva anticorpos que possam atacar o sangue do seu bebê.

Tente reduzir o stress e descansar o mais possível. Se sentes bem e tudo se desenvolve normalmente, é normal continuar trabalhando, mas deves tentar desacelerar e não ficar estressada por todas as coisas que ainda tens que fazer em face do parto.

Continue a cuidar da tua dieta para fornecer todos os nutrientes que o teu bebé precisa para o desenvolvimento, especialmente cálcio, ferro ou vitamina D. Se a tua ingestão dietética não for suficiente, pode ser necessário tomar um suplemento dietético. Também deveS tentar beber pelo menos 2 litros de água por dia.

Também é importante que, desde que não haja contra-indicações, continues a fazer exercício regularmente. Nadar, andar, pilates ou yoga para mulheres grávidas são algumas das melhores atividades para ajudar ficares em forma, não ganhar mais peso do que precisas e preparar seu corpo para o parto.

Quando se trata de nervos do parto, a melhor maneira de evitá-los é conversar com Teu parceiro sobre eles, resolver todas as suas dúvidas com seu médico (a informação ajuda a reduzir o medo) e praticar exercícios de relaxamento e meditação para ficar mais calmo. Pensa positivo.

Nestas semanas o cérebro do bebê amadurece muito e há muitas novas conexões, então você deve falar e cantar para ele todos os dias, colocar música e se conectar emocionalmente com ele para fortalecer seu vínculo e aumentar suas capacidades mentais.

Hemorróidas

Definição:

Varizes que se encontran numa ou em várias veias do ânus ou no recto.

Sintomas:

Sangramento moderado, dor , desconforto e ardor ao eliminar as fezes.

Tratamento:

Depende da sua gravidade e dos sintomas que produza. Pode-se recomendar aplicar uma pomada que seja segura durante a gravidez e manter uma dieta rica em fibra.

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica.

Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso.

Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

Источник: https://www.todopapas.com.pt/gravidez/semanas-a-semanas/-mudancas-no-setimo-mes-de-gravidez-10533

Gravidez 7º mês

Mudanças no sétimo mês de gravidez

As funções orgânicas, atividade cerebral e perceção sensorial do bebé continuam a aumentar este mês, enquanto a maturação pulmonar ainda não está completa.

Se o bebé nascesse no sétimo mês, teria ainda boas possibilidades de sobrevivência.

Quase todas as funções vitais foram treinadas e, com o apoio médico apropriado, também pode concluir etapas de desenvolvimento pendentes fora do útero da mãe.

O bebé no sétimo mês de gestação: desenvolvimento intensivo das funções cerebrais

No sétimo mês, o bebê já está bastante desenvolvido. No início do mês, o bebê mede cerca de 33 centímetros da cabeça aos pés e pesa cerca de 750 gramas. Quatro semanas depois, medirá cerca de 37 centímetros de comprimento e pesará cerca de 1.000 gramas.

Ao longo do sétimo mês de gravidez, o bebé completará um extenso programa de exercícios: no início, o espaço no útero da mãe é suficiente para isso, mas gradualmente fica mais estreito. Durante os períodos de descanso, muitas vezes permanece na chamada posição fetal com os joelhos encolhidos, a cabeça inclinada em direção ao peito e os braços cruzados.

O aumento de peso diário do bebé durante o sétimo mês de gestação é de cerca de 85 gramas. Agora os vasos capilares formam-se na camada subcutânea e o fluxo sanguíneo dá à pele um brilho rosa. Devido à crescente formação de gordura e tecido muscular, agora parece menos enrugada.

No meio do mês, os olhos também se abrem e sua cor é azul em todos os bebés. A cor dos olhos individuais só será determinada em algum momento no primeiro ano de vida. Durante o sétimo mês, o sentido de equilíbrio do bebé desenvolve-se para poder equilibrar cada vez melhor a sua postura.

Agora reage ativamente ao toque, ruído e estímulos de luz. Quando um raio de luz brilhante atinge o ventre da mãe, por exemplo, vira a cabeça para o lado.

O bebé agora também pode disfrutar cada vez mais de carícias e música.

É de agora em diante que os futuros pais podem ter uma experiência muito comovente: quando se acaricia suavemente o bebé na barriga, pode se mover na direção da mão da mãe ou do pai.

O desenvolvimento do cérebro da criança continua a progredir durante o sétimo mês de gravidez. O córtex cerebral apresenta agora diferentes camadas e gradualmente assume o controlo de importantes funções corporais.

A diferenciação do cérebro no sétimo mês leva a uma atividade cerebral muito intensa do bebé, que é comparável à atividade cerebral dos recém-nascidos.

Alguns cientistas acreditam que tenha seus primeiros sonhos neste momento.

A partir do sétimo mês de gestação, o sangue do bebé forma-se diretamente na medula óssea. Especialmente no final deste mês, o seu sistema imunológico é ainda mais estimulado pela absorção de anticorpos do sangue materno. O ponto fraco do desenvolvimento físico do bebé, em caso de parto prematuro, é a maturação pulmonar, que ainda não está concluída no sétimo mês.

Embora os pulmões, os seus vasos sanguíneos e o sistema brônquico estejam progredindo no seu desenvolvimento, só será completado em grande parte até o final do mês. No entanto, o chamado surfactante, que é indispensável para o mecanismo de limpeza e proteção dos tubos brônquicos, não está suficientemente disponível.

Ao respirar, o surfactante garante, enquanto substância tensioativa, que os alvéolos não se colam uns aos outros. Por essa razão, os médicos tentarão evitar contrações prematuras na 36ª semana de gestação, interromper o parto com inibidores o máximo possível e acelerar a maturação pulmonar do bebé por meio de certos medicamentos, chamados glucocorticoides.

Se, apesar disso, o bebé nascer «de sete meses», esses medicamentos serão administrados imediatamente após o nascimento. Se necessário, receberá assistência respiratória por algum tempo.

A mãe no sétimo mês: a gravidez começa a representar um desconforto físico

A partir do sétimo mês de gravidez, o crescimento do útero e do bebé é um fardo significativamente maior para a mãe. O útero agora expande-se cada vez mais em direção ao tórax e pressiona os órgãos internos, como os pulmões, o que pode levar ao desconforto respiratório.

No final do mês muda gradualmente de forma: Na parte superior do útero, o bebé vai encontrar cada vez menos espaço: o ideal é que nas próximas semanas adote a posição «certa» para parto com a cabeça virada para baixo. Os efeitos das hormonas da gravidez agora afrouxam gradualmente as articulações, o que pode causa dor pélvica. A frequência das contrações de Braxton Hicks também aumenta no sétimo mês.

A mãe aumentou entre sete e onze quilos desde o início da gravidez: o seu peso corporal aumentará em cerca de cinco quilos até o nascimento. Por um lado, o seu corpo agora armazena mais reservas de gordura, de que irá precisar sem falta durante e após o parto.

Por outro lado, a quantidade de sangue materno e a quantidade de líquido amniótico aumentam novamente a partir do sétimo mês. O líquido amniótico é agora completamente substituído de duas em duas horas, o que significa que beber muita água é ainda mais importante do que antes.

Muitas mulheres agora sofrem mais de dores nas costas, cóccix e sintomas ciáticos. Em caso de forte lordose, o desconforto intensifica-se; uma postura corporal tão reta quanto possível irá diminuir um pouco a tensão. As «pernas cansadas» agora são mais frequentes e visíveis do que antes: colocar as pernas para cima, géis frios, cremes e massagens especiais aliviam esse desconforto.

Há especialistas que oferecem tratamento de acupuntura contra a retenção de líquidos causada pela gravidez. Uma alimentação rica em proteína com carne, peixe e produtos lácteos impede, até certo ponto, esses edemas. No entanto, outras curas diuréticas como dias de arroz e sumo ou certos chás estão absolutamente proibidos durante a gravidez.

Outros sintomas típicos da gravidez nesta fase são a necessidade frequente de urinar, a azia ou a prisão de ventre. Muitas mulheres sentem náuseas quando estão de costas por volta do sétimo mês de gravidez. Nesta posição, o peso do útero e da criança empurra diretamente a maior veia do corpo, a chamada veia cava.

Dormindo para o lado esquerdo do corpo é agora a maneira mais agradável e saudável de dormir. É melhor que a mãe se acostume a essa posição numa fase inicial da gravidez. A partir do sétimo mês, muitas mulheres gostam de usar sutiãs de gravidez ou amamentação durante a noite para aliviar seios e costas pesadas.

Muitas vezes, durante esse período da gravidez, têm-se sonhos intensos e, às vezes, estranhos. Os médicos assumem que tanto os fatores hormonais como as experiências intensas durante a gravidez são as principais causas. É provável que o bebé interrompa significativamente o padrão de sono da mãe a partir do sétimo mês de gravidez.

Os fatores hormonais também desempenham um papel importante: em repouso, o corpo da gestante começa a libertar hormonas que atuam sobre a contração uterina e, ao mesmo tempo, estimulam a vontade do bebé de se mover.

Cursos de preparação para o parto e muitas questões práticas

Muitos dos cursos de preparação para o parto começam durante o sétimo mês de gravidez. Os cursos regulares duram entre seis e oito semanas e oferecem às mulheres grávidas e aos seus companheiros muito apoio em todas as questões sobre o parto. Também há cursos compactos oferecidos aos finais de semana.

Alguns organizadores (enfermeiras, clínicas e maternidades) oferecem cursos especiais para casais em que os pais também têm a oportunidade de colocar todos os seus medos e dúvidas sobre o nascimento.

No sétimo mês, os pais enfrentam muitas dúvidas práticas. As listas de coisas a fazer ajudam a planificar o quarto das crianças, além de comprar o enxoval básico e as «mil pequenas coisas» de que o bebé precisará. O conselho de mães experientes também é bem-vindo nesta altura.

Quem a vai acompanhar no parto também já deve estar acordado com a maternidade o mais tardar neste momento.

Источник: https://www.bebitus.pt/guia/gravidez/meses-de-gravidez/gravidez-7o-mes.html

Desenvolvimento do bebê – 7 semanas de gestação

Mudanças no sétimo mês de gravidez

Semana de gestação: 7 semanas

Equivale ao mês: 3ª semana do 2º mês

Equivale aos dias: 43 a 49 dias de gestação

O desenvolvimento do bebê com 7 semanas de gestação é marcado pelo desenvolvimento acelerado do cérebro com formação de novos neurônios, e a cabeça começa a ficar mais definida com olhos mais centralizados, formação das pálpebras e o desenvolvimento da boca, das narinas e das orelhas.

Nesta semana da gestação, com o crescimento do útero e o desenvolvimento do bebê, a barriga começa a ser notada, e a mulher pode continuar a ter enjoos matinais, prisão de ventre ou vontade de urinar com frequência.

Desenvolvimento do bebê

Na sétima semana da gestação, o embrião, em constante desenvolvimento, tem mais que o dobro do tamanho da semana anterior.

Esta semana é caracterizada pelo crescimento acelerado principalmente da cabeça e do cérebro, em que novas células cerebrais e neurônios são formados.

Ao final desta semana, o cérebro já possui três regiões que serão responsáveis pelo raciocínio, memória, aprendizado e por coordenar a respiração, os músculos e os batimentos cardíacos.

Os botões dos braços e das pernas já se desenvolveram e começam a se formar os dedos das mãos e dos pés, ao mesmo tempo em que os órgãos continuam a ser formados, mas ainda é muito cedo para desempenharem alguma função.

Nesta semana da gestação, a placenta é muito maior que o bebê e o cordão umbilical está tomando forma. Os olhos que estavam na lateral da cabeça, começam a aproximar-se e as pálpebras começam a se desenvolver. O rosto do embrião começa a ficar mais definido com o desenvolvimento da boca, narinas e orelhas.

Nesta fase o bebê poderá se mexer, mas a mulher provavelmente só sentirá o movimento com 18 semanas de gestação.

Tamanho do bebê

O tamanho do embrião com 7 semanas de gestação é de 12 a 18 milímetros, sendo equivalente ao tamanho de um mirtilo.

Mudanças no corpo da mulher

Na sétima semana de gravidez, o útero começa a ficar mais inclinado para frente e já se pode notar a barriga crescendo. Os sintomas de enjoos matinais, prisão de ventre e a vontade frequente de urinar podem ficar mais evidentes. Além disso, a mulher pode apresentar maior sensibilidade a cheiros, o que pode contribuir para aumentar os enjoos.

Nesta fase, devido às alterações hormonais e aumento do fluxo sanguíneo no útero, pode ocorrer aumento da produção de muco cervical, chamado de leucorreia, podendo ser percebido como um corrimento fino, branco leitoso e sem cheiro.

Esse muco é considerado normal e faz parte do tampão mucoso, que é uma substância que tem como objetivo proteger o bebê contra infecções que possam interferir no desenvolvimento do bebê. Saiba mais para que serve o tampão mucoso.

Além disso, podem ocorrer alterações na pele que fica mais oleosa, podendo causar aparecimento de acne no rosto, e um brilho mais rosado, devido ao aumento do fluxo sanguíneo e dos hormônios.

Cuidados durante a 7ª semana

Na 7ª semana da gestação, alguns cuidados são importantes para ajudar a aliviar os desconfortos que podem surgir como:

  • Enjoo matinal: se os enjôos forem muito intensos, o médico poderá receitar o uso de remédio para enjoos durante a gravidez, mas uma boa dica é logo ao levantar pela manhã comer 1 bolacha de água e sal e só depois de alguns minutos tomar o café da manhã;
  • Prisão de ventre: beber bastante líquido, fazer uma alimentação rica em fibras, incluindo frutas, verduras e grãos integrais, e atividade física ajudam a melhorar o movimento do intestino, combatendo a prisão de ventre;
  • Sensibilidade a cheiros: evitar cheiros fortes como de alimentos quentes, perfumes, sabonete do banho ou produtos de limpeza, que possam causar indisposição ou aumentar o enjoo;
  • Acne no rosto: lavar o rosto com um sabonete suave todos os dias e usar um hidratante sem óleo, indicados pelo médico.

Além disso, é importante ter uma alimentação balanceada que forneça todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento do bebê, praticar atividades físicas, desde que liberadas pelo médico, descansar sempre que possível e reservar um tempo para cuidar de si mesma. Outro cuidado importante é evitar o uso de medicamentos, exceto os prescritos pelo médico.

Confirme em que mês da gravidez está inserindo aqui os seus dados:

Sua gravidez por trimestre

Para facilitar a sua vida e você não perder tempo procurando, separamos toda a informação que você precisa por cada trimestre de gestação. Em que trimestre você está?

Источник: https://www.tuasaude.com/desenvolvimento-do-bebe-7-semanas-de-gestacao/

7 meses de gestação: contamos vários segredos para você

Mudanças no sétimo mês de gravidez

Todos os meses da gravidez fazem com que a mulher passe por mudanças, justamente porque tem um pequeno ser vivo se desenvolvendo bem ali, dentro dela. O fato é que todo mundo tenta dar palpites, dicas e informações sobre esse período — às vezes até demais.

No entanto, algumas coisas que acontecem aos 7 meses de gestação pouca gente conhece ou comenta. No texto de hoje separamos vários segredos que podem ajudar você a entender melhor e passar por essa fase com mais tranquilidade. Leia e confira!

Os desconfortos e dores são comuns

Com 7 meses de gestação você já ganhou sete quilos (ou mais), as pernas estão mais pesadas, há inchaço e retenção de líquidos que provocam desconforto e vários outros fatores que causam mal-estar.

As dores na coluna surgem, pois o corpo precisa se adaptar e adquirir equilíbrio e, para isso, fica com essa postura da barriga para frente e costas para trás. Apesar de não ser uma regra, os seios podem começar a vazar colostro.

Podem surgir as contrações de treinamento, além de congestão nasal, sensação de ouvido entupido e o aumento da umidade vaginal — conhecido como leucorreia.

Sentir azia, má digestão e gases também é natural, mas não tem nada relacionado à quantidade de cabelo que os bebês têm, como dizem por aí. Ela ocorre por conta do aumento do útero, que faz os órgãos se deslocarem e assim a digestão fica mais lenta. Hemorroidas podem aparecer. 

Dores de cabeça, desmaio, tontura, falta de ar e insônia também são frequentes. Mas, embora tudo isso seja comum, você não precisa sofrer sem fazer nada até esperar que passe.

Algumas medidas podem reduzir tais desconfortos e aliviar as dores. Converse com o médico sobre o que está sentindo para que ele possa ajudar. Cada gravidez é diferente e somente um profissional com acesso ao seu histórico de saúde e que acompanhe a gestação poderá dizer qual a melhor solução para cada caso.

No entanto, medidas simples como cuidar da alimentação, fazendo refeições pequenas, com pouco líquido, usar e abusar das frutas, legumes e verduras para tentar contornar a prisão de ventre, são boas alternativas.

Somando-se a isto fazer exercícios físicos leves (desde que autorizados pelo médico) e dormir com a postura correta (virada para o lado esquerdo com um travesseiro entre as pernas) ajudam bastante a reduzir esses desconfortos.

É comum sentir medo e ansiedade

Se você tem sentido angústia, tristeza e ansiedade, saiba que é natural. Seus hormônios estão como em uma montanha russa! Além disso, ser mãe é uma grande responsabilidade e são tantas coisas para pensar e tantas mudanças na vida e no corpo, que a autoestima pode ficar prejudicada e esses sentimentos podem acabar surgindo.

Para que eles não afetem sua gestação, tente se distrair, planejando o chá de bebê, comprando as roupinhas ou o enxoval ou faça qualquer outra atividade que lhe ajude a ficar mais contente.

Você também pode conversar com amigos, familiares e até um profissional. Com certeza desabafar pode ajudar a ver que, às vezes, algo que parece ser muito complicado e impossível, pode ser resolvido com o tempo.

Ah! E não sinta culpa com relação a estes sentimentos negativos. Eles são comuns, mas a maioria das pessoas não comenta.

O bebê se desenvolve bastante nesse período

Com 7 meses de gestação seu bebê já pesa mais ou menos um quilo. O cérebro está se desenvolvendo e o sistema nervoso está quase completo. Ele já consegue escutar as vozes ao lado de fora da barriga, assim como música.

Os olhos se abrem e ele consegue enxergar luzes do ambiente externo e seu paladar começa a se desenvolver.

Os 7 meses de gravidez é marcado pelo estabelecimento do padrão do sono e vigília. Isto é, a partir da 28ª semana, o bebê já acorda e dorme quando deseja, e tem uma aparência menos enrugada porque começa a acumular gordura debaixo da pele. Também nesta fase, o feto bebe o líquido amniótico e acumula as fezes no intestino, ajudando a construir o mecônio.

Ele já está quase pronto para vir ao mundo!

Roupas confortáveis são mais do que necessárias

Uma das formas de sentir-se melhor nesse período é investindo em roupas confortáveis. A circulação já estará comprometida e o uso de roupas justas ou apertadas pode causar o aparecimento de vasinhos, inchaços e estrias.

Além do mais, embora não sejam comuns, os danos aos bebês também são possíveis, por conta da compressão da barriga, que está bem grande. Sendo assim, adeque seu guarda-roupa e use peças confortáveis.

Isso não quer dizer que você precise abrir mão de todas as peças que tem justamente aos 7 meses de gestação. Algumas delas podem ser adaptadas.

A Mammybelt tem um kit com extensores e faixas que ajudam a adaptar as calças que você já tem aí no guarda-roupa. Mas só para as calças mais larguinhas, ok? Venha ver!

Источник: https://blog.mammybelt.com.br/7-meses-de-gestacao-segredos/

▷ Sétimo Mês de Gestação | O Que a Gestante Sente?

Mudanças no sétimo mês de gravidez

Você entrou no terceiro trimestre, a reta final da gravidez de muitas maneiras.

Sintomas Comuns No Sétimo Mês De Gravidez

Nesse estágio do terceiro trimestre, é comum sentir os efeitos da barriga cada vez maior e do progresso da gravidez. Os sintomas podem ser:

  • Dor nas costas
  • Fadiga
  • Mãos e pés inchados
  • Queimação
  • Estrias
  • Coceira
  • Câimbra nas pernas e pés
  • Ondas de calor
  • Necessidade de urinar frequente
  • Falta de ar
  • Alterações de humor
  • Insônia
  • Contrações de Braxton Hicks

Lembre-se, todas as mulheres são diferentes e talvez você não sinta todos esses sintomas. Alguns sintomas da gravidez que às vezes preocupam as futuras-mamães podem ser:

Estrias: No sétimo mês de gravidez, sua barriga ficará maior a cada dia. Como resultado, talvez você fique com estrias em sua barriga, peitos, coxas e nádegas.

Em muitas mulheres, as estrias têm a aparência de linhas rosadas ou avermelhadas que aparecem na pele, mas depois do parto, elas geralmente vão desbotando com o tempo.

Uma dieta saudável durante a gravidez e o ganho de peso gradual e correto durante a gravidez podem ajudar reduzir a probabilidade do surgimento de estrias.

Coceiras: Conforme a pele estica, ela também pode coçar. Passe óleos ricos em vitamina E, ou hidratantes suaves e tome banho com água morna, pois a água muito quente tem um efeito de ressecamento da pele.

Sete Meses De Gravidez: Mudanças Por Dentro E Por Fora

O Desenvolvimento De Seu Bebê: Perto da 32a semana, o bebê normalmente se encaixa na posição cefálica em preparação para o parto e também começa a “descer”, pressionando sua bexiga (alguém aí com vontade de ir ao banheiro?). Esse movimento pode diminuir a pressão sobre seus pulmões, tornando a respiração mais fácil. Os ossos de seu bebê também começam a ficar mais rígidos.

Todavia, o crânio continua flexível, para que o bebê possa passar pelo canal vaginal com maior facilidade. As placas do crânio se sobrepõem durante o parto e por isso alguns bebês nascem com a cabeça em formato de cone. Não se preocupe – o formato da cabeça de seu bebê voltará ao normal dentro de alguns dias.

Mudanças Em Seu Corpo: Durante o sétimo mês de gravidez, o espaço começa a ficar apertado em seu útero e seu bebê talvez esteja se mexendo menos por causa disso. Porém, você ainda deve sentir alguns movimentos diariamente.

Seu centro gravitacional muda na medida em que a barriga cresce e talvez você sinta instabilidade sobre seus pés, então ande sem pressa. Conforme a barriga aumenta, talvez você não consiga mais se inclinar e seu modo de andar também pode mudar para apoiá-la.

Seus seios vão aumentar e ficar ainda mais pesados. As veias podem se tornar visíveis e a cor de seus mamilos, escurecer.

Lista Resumida Para O Sétimo Mês de Gravidez

  • Descanse: É importante descansar o máximo possível. Embora talvez você ache difícil dormir com a barriga cada vez maior, tente dormir de lado, ou com travesseiros para se apoiar, como um entre as pernas.
  • Leia sobre parto prematuro: Muitas futuras mamães se preocupam com o parto prematuro e podem, às vezes, confundi-lo com as contrações de Braxton Hicks. Para acalmar seus receios, talvez seja útil se familiarizar com os sinais de parto prematuro, que incluem cólica persistente ou contrações, manchas de sangue pequenas ou sangramento e dor na região lombar. Se estiver preocupada e achar que está em trabalho de parto prematuro, ou tiver perguntas sobre o que está sentindo, consulte seu médico.
  • Fale com pessoas queridas: Com todos os sintomas da gravidez e a sua mudança de forma, talvez você sinta que perdeu controle sobre seu corpo. É um momento cheio de emoções e esses sentimentos são normais. Tente descansar e relaxar, fale com pessoas queridas sobre como está se sentindo e lembre-se de que não falta muito para acabar.
  • Leia sobre as contrações de Braxton Hicks: Essas contrações de treinamento também são conhecidas como contrações “falsas” e talvez você as sinta em diversas ocasiões em seu terceiro trimestre.
  • Pense em nomes para dar a seu bebê: Talvez você já saiba o nome que vai dar a seu bebê, mas se não souber, experimente o Gerador de Nomes Para Bebês de Pampers, pois ele poderá ajudá-la a chegar ao nome perfeito para seu pequenino.
  • Registre-se para receber ainda mais dicas sobre gravidez.

Источник: https://www.pampers.com.br/gravidez/gravidez-semana-a-semana/setimo-mes-de-gravidez

Sétimo mês de gravidez: veja as mudanças da mãe e do bebê | MS

Mudanças no sétimo mês de gravidez

Início » Gravidez » Gravidez Mês a Mês » Sétimo mês de gravidez: veja as mudanças da mãe e do bebê

O 7º mês de gravidez representa o período da 27ª a 30ª semana ou o início do 3º trimestre:

Junto com o passar do tempo, os organismos da mamãe e do bebê apresentam transformações.

Semana 27

Semana 28

Semana 29

Semana 30

Uma característica desse período de gestação é que já não há tanto espaço para o bebê ficar se movimentando. Isso faz com que seja mais fácil perceber seus movimentos e, em alguns casos, os chutes da criança.

Um dos principais aspectos do 7º mês de gestação envolve o tamanho da barriga. Por isso, você já pode estar sentindo fadiga e inchaço em algumas áreas.

Mas há alguns sinais e sintomas que também são frequentes:

Dor nas costas

Um dos incômodos comuns do último trimestre da gestação é a dor nas costas. Isso ocorre devido ao aumento do volume do útero, pelo crescimento do bebê.

Como consequência, pode haver uma sobrecarga da região lombar, causando dores na gestante.

É possível que, ao fazer força, a coluna provoque contraturas (quando o músculo se contrai e não volta a relaxar corretamente) em alguns grupos musculares, causando, por exemplo, a dor lombar e a dor ciática.

Insônia

Podemos classificar a insônia como um acúmulo de todos os outros sintomas. O tamanho da barriga que limita as posições para dormir, a frequência de micção que aumenta, as dores nas costas. Todos esses sintomas influenciam para alterações no sono.

Existem alguns cuidados que podem ser praticados e ajudam a minimizar os impactos na qualidade do sono.

Por exemplo, você pode evitar tomar muitos líquidos antes de deitar. Isso diminui a quantidade de vezes que sentirá vontade de ir ao banheiro.

Além disso, outra opção é fazer um repouso de pelo menos 2 horas por dia, com as pernas levantadas, apoiada na parede ou sobre um travesseiro alto.

Esse hábito diminui as chances de inchaço e melhoram o sono noturno, aliviando a sensação de peso nas pernas.

Recorrer a outros travesseiros e almofadas na cama também facilitam o processo de pegar no sono. Isso porque, aos 7 meses, você já deve estar com um barrigão que limita as posições para dormir e é nessa função que o travesseiro vem auxiliar.

É possível colocar um na cabeça, um entre as pernas e um para dar suporte à barriga.

Leia mais: Remédio natural para dormir: 6 opções de tratamento caseiro

Dificuldades para respirar

Algumas gestantes podem se queixar de falta de ar, além de dor no peito. Os movimentos vão ficando cada vez mais limitados, uma vez que o útero ocupa parte do espaço que antes era ocupado pelo pulmões.

Esse sintoma se faz presente até as últimas semanas de gestação, quando a criança se posiciona de cabeça para baixo na pélvis, na posição do parto.

Mudanças no bebê

Ao iniciar o 7º mês de gestação, o bebê deve estar pesando em torno de 2kG e com aproximadamente 40cm, equivalente ao tamanho de um repolho.

Os pulmões e narinas já estão formados, o que significa que se tivesse que nascer agora, o bebê estaria pronto para respirar. Além disso, outras mudanças podem ser percebidas tanto na estrutura física do bebê, como em suas percepções.

Mais movimentação

Em geral, o bebê se encontra mais ativo devido ao seu desenvolvimento, fazendo com que a mãe possa perceber mais facilmente os movimentos da criança na barriga.

Sensibilidade à luz

A partir do 7º mês, o bebê já consegue identificar a luminosidade, conseguindo distinguir luzes e sombras.

Aumento da gordura corporal

A partir do 7º mês, o bebê começa a ter seu crescimento mais lento. Isso porque, ele precisa focar suas energias no ganho de peso e de gordura corporal. Esse processo atua na proteção contra a diferença de temperatura entre o útero e fora dele.

Mudanças na mãe no 7º mês de gestação

As mamães de plantão percebem mudanças em seus corpos durante toda a gestação. É a pele que estica, o peito que cresce, a barriga que pesa. Aqui estão algumas das mudanças que as mães podem notar:

Preparação para amamentação

O 7º mês representa grandes mudanças físicas nas mamães. Isso porque, os mamilos irão aumentar e ficar mais escuros.

Surgimento de estrias

Neste momento da gestação, a barriga não para de crescer. Por isso, os cuidados com a pele são fundamentais. Além disso, pode haver aumento de peso, fazendo com que estrias possam ocorrer também nos seios, coxas e nádegas.

Para evitar as marcas, o recomendado é hidratar bem a pele com óleo de amêndoas ou creme hidratante.

É preciso reforçar, porém, que as estrias podem ocorrer em qualquer fase e intensidade durante a gravidez.

Leia mais: Estrias na Gravidez: tipos (vermelhas), melhor creme, como evitar?

Outra alteração física bem comum é o surgimento de manchas na pele, mais conhecido como melasma.

Isso ocorre devido às alterações de alguns hormônios como progesterona, estrógeno e MSH (melancólico). Para evitar esse tipo de incômodo, o ideal é fazer a utilização diária de protetor solar com fator 30, pelo menos.

A mulher grávida que se encontra no 7º mês de gestação deve preparar-se para o parto.

É importante lembrar de descansar em alguns momentos durante o dia, evitando fazer esforço demais.

Além disso, nesse período, é essencial cuidar da saúde e da sua alimentação, buscando orientação nutricional e suplementação, caso seja necessário.

Se você conhece alguma mulher que está grávida, compartilhe esse artigo com ela!

Источник: https://minutosaudavel.com.br/setimo-mes-de-gravidez/

Embarazo y niños
Deja una respuesta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: