Nomes do menino de origem Japonês com 7 letras

13 nomes japoneses com significados que vão te conquistar

Nomes do menino   de origem Japonês com 7 letras

A imigração japonesa aconteceu com força no Brasil a partir do século XX e transformou nosso país no segundo que abriga a maior população desta origem fora do Japão. Culinária, música, religião e vários outros aspectos com os quais já estamos familiarizados possuem influência da cultura asiática – e, por que não, os nomes?

A escolha de como o pequeno vai se chamar é feita pelos japoneses de forma muito criteriosa e conseguimos encontrar vários significados belíssimos para um mesmo termo. Então se sua ideia é homenagear a descendência da família e levar um pouquinho da força da ancestralidade na certidão da criança, ou apenas escolher um nome autêntico para seu filho, você está no lugar certo!

Confira nossa seleção de 13 nomes tradicionais japoneses para meninos e meninas. Uma coisa é certa: a tradução deles vai te encantar – e vale lembrar que, por conta dos kanjis (ideogramas da língua japonesa), não existe apenas um significado para cada uma destas palavras, já que variam de acordo com a região, a pronúncia e interpretações do contexto.

1. Akira

As várias opções de kanji expressam diferentes significados para este nome – um mais lindo que o outro! Podemos encontrar algo como “brilhante”, “talentoso” ou então “iluminado amanhecer”, e o interessante é que, no Japão, Akira é utilizado tanto para meninas quanto para meninos, o que justifica ainda mais sua popularidade no país.

2. Naomi

“Agradável”, “doce” e “honesta” são as principais traduções para este nome super delicado.

E olha só que curioso: apesar de sua origem japonesa, Naomi aparece também como um termo hebraico inclusive citado no Antigo Testamento da Bíblia sob a forma de “Noemi”.

Nesta outra língua, o curtinho também está associado a pessoas agradáveis, mas já encontramos registros dele em vários continentes – até mesmo em personalidades como a atriz britânica Naomi Watts.

3. Kenji

Também muito popular entre os japoneses, Kenji permite algumas interpretações. Há quem diga que seu significado seja “segundo filho forte e vigoroso”, e outros estudiosos apontam para “governante inteligente”. De qualquer modo, ambos expressam características bastante emblemáticas – e o nome é uma boa pedida mesmo se for o primeiro filho da família, viu?

Источник: https://bebe.abril.com.br/familia/13-nomes-japoneses-com-significados-que-vao-te-conquistar/

20 nomes proibidos para bebês ao redor do mundo

Nomes do menino   de origem Japonês com 7 letras

No Brasil, de acordo com a lei de Registros Públicos, os cartórios podem recusar o nome que os pais escolheram para seus filhos.

Normalmente isso acontece quando alguém sugere uma alcunha que poderá trazer transtornos à criança.

Além disso, os profissionais são orientados a sempre sugerirem a grafia correta do nome – mas estão aptos a aceitar as formas mais diferentes, caso exista algum registro em outro lugar do país.

Nesse caso, a internet tem ajudado bastante os pais a nomearem seus rebentos com grafias pra lá de rebuscadas! Isso não impede, entretanto, que nomes aparentemente comuns, como “Piedro”, sejam descartados por cartórios, como aconteceu em Sorocaba (SP) no começo deste ano. O pai foi orientado a escolher “Pietro”, mas não gostou da decisão e luta na Justiça para registrar o filho como ele quis.

E ao redor do mundo, como funciona? Cada país possui sua própria legislação, e esta lista mostrará 20 exemplos que foram banidos em diversos países.

1. Nutella

Os pais de uma menina francesa queriam nomeá-la de “Nutella”, com a esperança de que ela fosse tão doce e popular quanto o produto de mesmo nome. Os juízes, entretanto, não aprovaram a escolha, e a menina foi chamada de “Ella”.

2. Akuma

A palavra “akuma” significa “diabo” em japonês. Portanto, após um bebê ser nomeado assim, o próprio Ministro da Justiça do Japão precisou intervir e adicionar “Akuma” à lista de nomes proibidos por lá.

3. Anal

Na Nova Zelândia, o governo precisa liberar previamente qualquer nome fora de uma “normalidade”. Por isso, a lista negra de nomes de bebês cresce a cada ano – e “Anal”, que significa por lá o mesmo que aqui no Brasil, estava relacionado. Bizarro, hein?

4. Gesher

Na Noruega, uma mulher foi presa por não ter dinheiro para pagar a multa por registrar seu filho com um nome que não fora permitido pelo governo daquele país. Ela chamou a criança de “Gesher”, que significa “ponte” em hebraico. A mulher conta que sonhou com a palavra.

5. Talula Does The Hula From Hawaii

Ou, em bom português, “Talula Faz a Ula do Havaí”. Sério! Você teria coragem de chamar uma criança assim? Esse nome fez o governo da Nova Zelândia assumir a tutela de uma menina de 9 anos e encontrar para ela outro nome que fosse mais apropriado.

6. Osama Bin Laden

Considerado um dos maiores inimigos de todo o planeta, Bin Laden também tinha seus adoradores.

Pouco tempo depois dos atentados de 11 de setembro, por exemplo, um casal turco que morava na Alemanha tentou nomear seu filho com o mesmo nome do terrorista.

Além de o governo alemão proibir nomes que possam constranger as crianças, ele proíbe alcunhas estrangeiras que já são proibidas no país de origem dos pais. Neste caso, “Osama Bin Laden” não tinha liberação nem mesmo do governo da Turquia.

7. Robocop

Depois que os funcionários dos cartórios do México formataram uma lista com nomes proibidos no país, descobriram que “Robocop” estava entre eles. Porém, um menino conseguiu ser registrado assim por lá! Esperamos que ele não tenha se tornado um bandido, não é? Seria muita ironia da vida.

8. Chief Maximus

Outro belo exemplar que vem lá da Nova Zelândia: no país, é proibido chamar seu filho de “Chefe Máximo”.

9. BRFXXCCXXMNPCCCCLLLMMNPRXVCLMNCKSSQLBB11116

Um casal sueco tentou dar o nome acima, que eu obviamente precisei copiar e colar, a uma criança, depois que as leis de seu país os proibiram de registrá-la como “Albin”. Depois do primeiro nome, eles ainda tentaram colocar apenas “A.”, mas também foram impedidos. Foi então que tiveram a ideia de nomear o filho com o palavrão acima. Lógico que esse também foi rejeitado.

10. @

O símbolo da arroba se pronuncia “ai-ta” na China, o que se assemelha, por lá, ao som de “amá-lo”. Porém, o país, assim como diversos outros, proíbe crianças com símbolos e números em seus nomes. Já imaginou o email dessa pessoa caso isso fosse permitido?

11. Harriet

Na Islândia, existe uma lista de nomes que são permitidos pelo governo. Quando você quer qualquer um que seja fora desse rol, é preciso pagar uma taxa e esperar uma decisão judicial para sua solicitação.

Por isso, quando um casal britânico, mas com nacionalidade islandesa, precisou renovar o passaporte da filha, seu nome original foi negado. Seu irmão, Duncan, também não pôde continuar com o nome – lá, só são aceitos nomes com letras do alfabeto islandês, que não contém o “C”.

Resultado: ambos saíram com novos passaportes escritos “Menino” e “Menina”.

12. Metallica

Um fã de heavy metal da Suécia nomeou seu filho igual a sua banda favorita. Posteriormente, porém, as autoridades do país baniram novos bebês “Metallica” por lá.

13. Chow Tow

Esse nome, na Malásia, significa “Cabeça Fedida” e está na lista de proibidos pelo governo local. Quem será que consegue pegar um recém-nascido no colo e cogitar esse nome para ele?

14. Linda

Na Arábia Saudita, o nome “Linda” está na lista dos proibidos por ser extremamente ocidental e ferir a cultura local.

15. Macaco

Outro país que possui uma lista pré-aprovada de nomes é a Dinamarca. Apenas 7 mil são liberados pelo governo, que, todo ano, bane cerca de 250 invenções. Entre as palavras proibidas, estão “Macaco”, “Plutão” e “Ânus”!

16. Sex Fruit

“Fruta Sexo”? Sério? Sim! Novamente a criatividade foi cogitada por pais na Nova Zelândia. Pelo jeito, o governo de lá tem muito trabalho com engraçadinhos querendo dar nomes diferentes aos seus filhos, não é mesmo?

17. Nirvana

Em Portugal, existe uma lista com mais de 2 mil nomes proibidos para os bebês: “Nirvana” é apenas um dos exemplos.

18. Fraise

Apesar de “Fraise” significar “Morango” em francês, as autoridades do país baniram o nome, já que poderia ser motivo de piada. Tudo porque existe a expressão “Ramène ta fraise”, que siginifica “Traga sua bunda aqui”. Os pais acataram e nomearam a criança de “Fraisine”.

19. Sarah

No Marrocos, os pais de uma pequena menina descobriram que não poderiam chamá-la de “Sarah” por conta da grafia. O “H” no final deixava o nome com uma identidade muito hebraica. Já “Sara” é considerado árabe, então pode.

20. Venerdi

Quando um casal italiano foi proibido de nomear o seu filho de “Venerdi” (ou “Sexta-Feira”, em português), eles aceitaram a solicitação. Mas prometeram que o próximo se chamaria “Mercoledi” (“Quarta-Feira”). Então tá, né?

***

Agora é a sua vez: qual foi o nome mais curioso que você já conheceu na vida?

*Publicado em 07/10/2015

Источник: https://www.megacurioso.com.br/cotidiano/85321-20-nomes-proibidos-para-bebes-ao-redor-do-mundo.htm

61 nomes japoneses femininos e seus significados!

Nomes do menino   de origem Japonês com 7 letras

Uma vez que o sexo é descoberto, parece que o feto adquire uma identidade ainda mais definida. Quais nomes você selecionou no caso de um laço rosa? Você gosta de nomes longos? Ou você prefere um nome curto? Se você prefere esta segunda opção e é fascinada pelo Oriente, os nomes japoneses femininos são ricos em significado e difíceis de manipular verbalmente. Conheça!

Esperar um filho é um momento mágico para o casal. Com a imaginação, os pais pintam as características do rosto do filho e fazem muitas perguntas sobre como será o novo sorriso da família. Uma das coisas mais agradáveis ​​enquanto espera uma criança é deixar sua imaginação voar em busca do nome ideal.

Muitos japoneses acreditam que um nome pode determinar o caráter de uma criança ou até influenciar seu sucesso na vida e contatos com outras pessoas.

Bebê deitada na cama – Foto: Freepik

Os nomes costumam corresponder a certas qualidades, por exemplo, se uma criança ri muito ou tem cabelos escuros, isso pode se refletir em seu nome. Os nomes japoneses podem ser divididos em masculinos e femininos, mas também há um vasto grupo de nomes que não são atribuídos a nenhum sexo.

A maioria dos nomes é escrita usando caracteres kanji. O Japão regula as leis de nomes com caracteres kanji, para facilitar a leitura e a escrita por outros.

Nomes femininos japoneses e seus significados

Recém nascido dormindo – Foto: Freepik

Os nomes femininos geralmente terminam com a sílaba “ko”, que significa criança, ou mi (beleza), bem como yo, na e ka. No passado, foi dada grande importância ao nome com significado específico e longa tradição.

Hoje, podemos observar que os japoneses escolhem cada vez mais nomes com um toque agradável, mesmo que seu significado seja vago.

  • Os nomes mais populares na década de 1950 foram: Kazuko (kazu – quarto, ko – criança), Youko (você – mar, ko – criança), Keiko (Kei – bênção, ko – criança), Sachiko (sachi – felicidade, ko – criança) )
  • Na década de 1970, as meninas eram mais frequentemente nomeadas Youko (Você – sol, ko – criança), Tomoko (Tomo – conhecimento, ko – criança), Yuuko (Yuu – riqueza), Mayumi (Ma – verdade, yu – liberdade, mi – beleza) ), Junko (inocência jun, ko – criança).
  • Popular na década de 1990 foram: Misaki (Mi – beleza, saki – flor), Ai (amor), Mai (dança), Aya (colorido).

Nomes japoneses femininos inspirados em flores

Nomes femininos japoneses e seus significados – Foto: Freepik

Se você pensa no Japão, a primeira flor que vem à mente é a cerejeira e, portanto, um nome que pode inspirá-lo é Sakura.

A cereja é, de fato, a flor nacional cujo florescimento é interpretado como um sinal de boa sorte, como o florescer de uma nova vida.

Outro nome que tem a ver com o perfume das flores é Kaori e se você gosta de íris, que tal Ayame?

Finalmente, um nome que contém todas as belezas florais é Hana, que significa exatamente flor, pétala, esplendor e Haru em todo o significado da primavera, a estação em que tudo ganha vida.

Nomes japoneses femininos de A à H

Nomes femininos japoneses e seus significados – Foto: Freepik

  1. Aika – Canção de amor
  2. Akane – Vermelho brilhante
  3. Akiko – Garota do outono/ Garota brilhante
  4. Akira- Brilhante ou Limpa
  5. Amaya – Chuva noturna
  6. Aimi – Beleza do amor
  7. Asami – Beleza da Manhã
  8. Atsuko – Garota gentil
  9. Aya – Colorida
  10. Chiasa – Mil manhãs
  11. Chie – Sabedoria
  12. Chiharu – Mil fontes
  13. Chika – Flores despedaçadas
  14. Chikako – Menina perfumada
  15. Eiko – Garota de longa vida
  16. Emiko – Menina linda
  17. Eri – Prêmio abençoado
  18. Etsuko – Menina alegre
  19. Fumiko – Garotinha dotada da beleza de um tesouro
  20. Gina – Prata
  21. Hana – Favorita ou Flor
  22. Hanako – Florista
  23. Haruki – Árvore de verão
  24. Haruko – Garotinha da primavera
  25. Harumi – Beleza de primavera
  26. Hideko – Menina linda
  27. Hikaru – Luz
  28. Hiro – Abundante

Nomes japoneses femininos de I à K

Bebê dormindo – Foto: Freepik

  1. Jun – Obediente
  2. Junko – Garota pura
  3. Kameko – Filho superior
  4. Kaori – Perfumes trançados
  5. Kaoru – Perfumes
  6. Kasue – Harmoniosa, Primeira benção
  7. Kasuko – Menina harmoniosa
  8. Katsumi – Beleza vitoriosa
  9. Kazuko – Menina harmoniosa
  10. Kazumi – Nevoeiro
  11. Keiko – Garota feliz, respeitosa, garota da primavera, garota da joia
  12. Kimi – Nobre
  13. Kimiko – Garota nobre

Leia também sobre: Nomes Compostos para bebê!

Nomes japoneses feminino de M à N

Mãe e bebê – Foto: Freepik

  1. Madoka – Círculo
  2. Maiko – Menina dançando
  3. Maki – História verdadeira, Árvore verdadeira
  4. Mana – Afeto
  5. Mari – Obstinação
  6. Mariko – Garota real da vila
  7. Masami – Beleza elegante
  8. Masumi – Lucidez verdadeira
  9. Michi – Caminho
  10. Mika – Fragrância bonita
  11. Minako – Linda garotinha
  12. Miyako – Linda garota noturna
  13. Naomi – Acima de tudo

Leia também sobre: Nomes Bíblicos Mais Populares

Nomes japoneses feminino de O à Z

  1. Rika – Perfume de valor
  2. Saki – Flor
  3. Sakura – Flor de cerejeira
  4. Shiori – Poesia
  5. Takako – Garota alta
  6. Toshiko – Menina esperta
  7. Yuko – Garotinha afetuosa

Nomes inspirados em livros infantis e personagens de desenhos animados

Bebê pequeno – foto: Freepik

Em japonês, os nomes podem ter mais de um significado e também podem encontrar recomposições diferentes através da combinação de dois ou mais.

O famoso livro infantil “Akiko e o balão” é um belo livro ilustrado dedicado aos pequenos, apresentando uma garota cujo nome significa criança brilhante, criança do outono. O kanji Ko colocado no final do nome significa criança e também é encontrado no nome feminino Aiko, protagonista de outro livro infantil “Aiko e o vulcão”.

Outro personagem que sempre fascinou jovens e idosos é Fujiko, a namorada do famoso ladrão Lupin, cujo nome tem o mesmo término que os dois anteriores, mas carrega um elemento floral.

Mais populares

Então, quais são os nomes mais populares nos últimos anos? Sakura, com o kanji 桜 (flores de cerejeira), normalmente é um nome popular, mas a Hana internacionalmente aceitável é frequentemente um dos nomes mais populares e pode ser usada com kanji como 初夏.

Akari é outro nome popular que é frequentemente usado com uma combinação de kanji de 丹 (vermelho) e outros caracteres de kanji, como 莉 (Jasmine).

Na década passada, a princesa Mako, de Akishino, tornou-se bastante popular, quando anunciou recentemente que estava se casando, havia um grande interesse público e da mídia, e isso também levou o nome Mako a ganhar popularidade. Finalmente, um nome extremamente comum é Ai 愛 ou Aiko que é similar, o primeiro significa amor e o segundo pode ser interpretado como filho amado ou filho amoroso.

Agora que chegamos ao fim do texto, você já deve ter escolhido o nome para seu bebê certo? Ficou em dúvida? Deixa nos comentários!

Источник: https://www.mildicasdemae.com.br/2020/05/nomes-japoneses-femininos.html

Embarazo y niños
Deja una respuesta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: